Ning não é mais gratuito. E agora?

Ning não é mais gratuito. E agora?



Acabou-se o que era doce. O NING não será mais gratuito. E todo mundo perde. Na minha opinião o NING era uma das melhores plataformas para discutir assuntos afins num mesmo local, com uma gama de ferramentas à mão. Para mim e para todos, acredito, foi uma surpresa. Já vi NINGS com mais de 90.000 imagens. O meu tem 17.000. Como salvar isso? Mas o recado é simples e bruto: ou paga a rede ou terá sua rede banida do mapa. Conheço redes com mais de 5.000 membros. Tanto material postado que simplesmente será deletado é uma tremenda falta de respeito conosco que utilizávamos a plataforma.

Mas, fazer o quê? Agora, é procurar alternativas.

Segue uma lista de redes postada no Creators (nem todas são gratuitas), que irei avaliar uma a uma e depois digo aqui pra vocês, ok? 
Mais algumas indicadas pela Mírian Salles:
SocialGO: possível escolher layout para o site da comunidade, incluir eventos, fóruns de discussão, vídeos, músicas. Cada membro pode ter o seu blog. Achei muito parecido com o Ning.
WackWall: possível customizar as cores do site da comunidade, incluir eventos, fóruns de discussão, vídeos, músicas.

Grouply: é possível personalizar o site da comunidade, incluir eventos, fóruns de discussão, vídeos, músicas e gera feed da atividade no grupo. Os administradores de grupos de discussão hospedados no Yahoo ou no Google Groups podem criar um site para a comunidade. Tem um tutorial que ensina como transferir uma comunidade do Ning para lá.



Segundo o professor Xano Cebreiro, do Blog Remexer na Língua, ainda temos:
WackWall     Segundo o prof. Xano "Wackwall é software social na rede que, sem ser tão potente como Ning, permite criar comunidades com todas as ferramentas de interação necessárias e sem publicidade nenhuma". Além disto, o WalkWall apresenta um plugin para migração do Ning. Lá também há informações sobre a criação de contas premium que serão pagas, mas as contas básicas gratuitas serão suficientes para uso.

Outra alternativa, de uma rede social brasileira, é o Peabirus, que vem crescendo muito e já foi usado pela professora Denise Vilardo, para trabalhar com os alunos, durante o recesso causado pela gripe suína.

Você pode acessar a rede, Peabirus, e conhecer as ferramentas oferecidas,clicando aqui.

Se tiverem mais sugestões, postem aí para conhecermos.
Compartilhe

ATENÇÃO!

Diversos materiais postados aqui são de autoria desconhecida, divulgadas livremente em grupos de discussão ou em outros sites e no Google imagens. Mas, se você for proprietário de alguma arte e não queira ver publicado neste blog BASTA SOLICITAR A REMOÇÃO NOS COMENTÁRIOS, ou dizer que é de sua autoria que colocamos os créditos. E, por favor, seja educado pois, se está aqui foi porque foi encontrado em outro lugar na internet sem os créditos. Obrigada!

Various materials posted here are anonymous, disclosed freely in discussion groups or on other sites and Google images. But if you own some art and do not want to see published in this blog JUST ASK FOR REMOVAL IN COMMENTS, or say that it is of his own that put the credits. And please be polite as if here was because it was found elsewhere on the Internet without the credits. Thanks!

Designed By Blogger Templates